Manzano Histórico: tranquilidade, natureza e cultura outdoor

827

Sou apegado à América do Sul, não tem jeito. Me sinto totalmente entusiasmado e à vontade em conhecer os mais remotos e distantes lugares de nosso continente. Aliás, acho que os locais mais incríveis do mundo estão aqui por perto, inclusive no Brasil.

Curto cidades pequenas e vilarejos com personalidade própria. E minha mais nova – e incrível – descoberta foi Manzano Histórico, um lugar pé de montanha, uma reserva localizada no Departamento de Tunuyán, Província de Mendoza, na Argentina.

Manzano Histórico

Manzano é um lugar que causa sensações, me senti vivendo uma realidade como nunca antes vista, parecia que estava em uma cidadezinha dos Estados Unidos. Vi inúmeros trailers passando pra lá e pra cá, pessoas fazendo picnics em beira de rios, além de churrascos à moda norte-americana.

Manzano Histórico

Plaza de Artesanos – Manzano Histórico

Nos finais de semana, muitos vão a Manzano pra admirar as paisagens das montanhas e também para curtir os rios que são originados principalmente da neve derretida na Alta Cordilheira. É um excelente destino turístico low cost e voltado totalmente para o meio outdoor. Nunca vi um lugar com a cultura ao ar livre tão enraizada quanto este vilarejo.

E Manzano é bem pequeno, mas não deve ser subestimado em hipótese alguma, porque o local possui muitas facetas, mas vai da criatividade e disposição do viajante. Pode-se escolher o sossego ou alguma atividade ao ar livre. Lá, é o tipo de lugar que te abraça e te pede pra ficar.

Manzano Histórico

A cidadezinha é mantida pelo turísmo, agricultura e pecuária. As águas das montanhas são consideradas excelentes para consumo humano e irrigação. Isso explica as inúmeras fazendas que estão localizadas aos pés das montanhas. O vilarejo é plano, está a aproximadamente 1400 m acima do nível do mar, sendo cercado de montanhas de até 5.000 metros. A vista é incrível. Não existe só um canto em Manzano Histórico que não seja ligeiramente fotogênico.

O local exibe um belo bosque de espécies nativas na província, além disso, o pequeno vilarejo possui 3 campings, todos acolhedores e com ambiente familiar. Não há hostel e nem hotel pelas redondezas. A cidade, como praticamente todas da Argentina, venera o General San Martin, que passou por aquelas bandas em 1823, na famosa travessia do Cruce Andino.

Manzano Histórico

Homenagem a San Martín

Manzano Histórico é um lugar que recebe viajantes durante todo o ano, oferecendo entre outros desafios, atividades como parapente, trekking, escalada, pesca e ciclo turismo. Além, é claro, de ser um ótimo local para praticar o campismo. A cidadezinha não possui muita infraestrutura, sendo agitada somente aos finais de semana. O viajante deve ir preparado, já que não há como sacar dinheiro por lá.

O vilarejo está localizado a 43 km do centro de Tunuyán e a 150 km da cidade de Mendoza.

Manzano-Historico07

Cristo, uma das atrações de Manzano Histórico

 

Como chegar a Manzano Histórico

Pra chegar a Manzano Histórico é fácil. A melhor maneira é via Mendoza, mas ainda assim é necessário fazer baldeação em Tunuyán.

Empresa de ônibus: Cata Internacional

De Mendoza a Tunuyán ( +/- 1h30 de viagem): $ 46 pesos argentinos.

De Tunyám até Manzano (+/- 45min de viagem): $ 22 pesos argentinos.

 

Custo do camping: $ 50 pesos argentinos.



Rafael Kosoniscs tem 32 anos, é paulista, publicitário, guia de turismo, blogueiro e estudante de jornalismo. É viciado em viagens de mochilão — seja em cidades ou em meio à natureza. Tem o montanhismo como paixão, sonha em dar a volta ao mundo e escrever um livro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *