Puma Punku – Um dos maiores mistérios da América do Sul

9178

Puma Punku é uma ruína fantástica. É um dos lugares mais extraordinários que já conheci. O sítio arqueológico respira mistério, encantamento e, na minha opinião, é um dos locais mais intrigantes da Terra. Sou apaixonado por enigmas e o principal motivo de ter ido à Bolívia foi para conhecer este lugar, juntamente com Tiwanaku.

Puma Punku está localizado em Tiwanaku, a 72km de La Paz, na Bolívia. O nome Puma Punku vem da língua Aymara e tem o significado de “A porta da Puma”.

Leia mais sobre Tiwanaku: veja o post!

 

Um pouco de Puma Punku

Existem muitas teorias sobre a datação de Puma Punku, mas ninguém até hoje conseguiu defender o exato período histórico da sua construção, tampouco afirmar como foi erguido. Muitos historiadores afirmam que a arquitetura sofisticada do sítio arqueológico tem aproximadamente 14.000 anos de idade, mas o mistério não acaba aí…

As rochas de Puma Punku foram cortadas com uma precisão descomunal, e muitos se perguntam: “como fizeram isto em uma época tão primitiva?”. Foi a partir desta questão que surgiram teorias sobre seres extraterrestres. É de se pensar. Por que não?

 

Aos leitores deste blog, advirto: não deixem de ir a Puma Punku.

A advertência é dupla. Se estiverem programando viagem para a Bolívia, não deixem de colocar Tiwanaku no roteiro da trip.

 

O mais intrigante é que, existem blocos com mais de 100 toneladas, cortados sem defeito algum. Algumas “peças” são tão incríveis que fica difícil de acreditar que foram produzidas há milhares de anos. E foram.

Ruínas de Puma Punku

Ruínas de Puma Punku

E, não precisa ser nenhum especialista para enxergar a diferença de arquitetura – comparada às outras civilizações antigas –, como a Inca e Maia, por exemplo. Puma Punku é muito diferente e tem uma arquitetura única. Esta ruína é um dos maiores enigmas da América do Sul, sua linha de criação é, ainda, muito incompreendida pelos pesquisadores. Portanto, para quem é fissurado em civilização antiga, história e ufologia, precisa conhecer Puma Punku.

A ruína é considerada tão misteriosa quanto às pirâmides do Egito e foi tombada como patrimônio da humanidade pela UNESCO.

Para os interessados em se aprofundar no assunto, segue um vídeo do History Channel sobre Puma Punku. É muito interessante.

 

Como chegar a Puma Punku

A partir do cemitério central de La Paz. Bs 16 (+/- R$ 4,00) somente ida.

 

Moeda

Bolivianos | Bs 1,00 = R$ 0,25

Valor: A entrada de Tiwanaku (Tiahuanaco) + Puma Punku custa Bs 80 (+/-R$ 20,00)
Guia local (opcional) Bs 40 (+/- R$ 10,00).

Obs: Não é necessário fechar o passeio com antecedência.

 

(Foto Capa e Galeria 1: shutterstock.com)



Rafael Kosoniscs tem 32 anos, é paulista, publicitário, guia de turismo, blogueiro e estudante de jornalismo. É viciado em viagens de mochilão — seja em cidades ou em meio à natureza. Tem o montanhismo como paixão, sonha em dar a volta ao mundo e escrever um livro.


29 comentários em “Puma Punku – Um dos maiores mistérios da América do Sul

  1. Mari

    Acho esse lugar super interessante. Mas acho que falta um pouco mais os arqueólogos fazerem uma pesquisa sobre isso e muitos lugares da América do sul. Quero fazer um tour por esses lugares ainda 🙂

    Reply
  2. Ricardo

    Estou com vontade de ir, talvez no final de Julho… Como é o esquema de estadia lá? Vale a pena ir pela CVC ou Decolar.com, já reservando o hotel? Maneira as fotos heim! Mas a verdadeira emoção deve ser estar lá! E eu sou engenheiro, estou louco para examinar de perto essa arquitetura e ter minha própria opinião. Obrigado!

    Reply
    1. Rafael Kosoniscs Post author

      Olá Ricardo, tudo bem?
      Puma Punku está um pouco afastado de La Paz, aproximandaemte 72km do grande centro boliviano. Perto do sítio arqueológico não tem muitas atrações, por isso, o ideal é ficar hospedado em La Paz e de lá pegar um ônibus para Tiwanaku/Puma Punku. No cemitério central saem vans e ônibus regulares. Acho que essa é a melhor maneira para ter acesso ao sítio arqueológico, já que nas proximidades é um verdadeiro “fim de mundo”.
      Sobre a CVC acho que não é a melhor opção, você ficaria um pouco engessado. Dá pra ir por conta própria sem receio algum. Compre sua passagem por fora e seja feliz.
      Depois retorne ao Blog para contar sua impressão, ok? Um abraço e boa viagem.

      Reply
      1. Mark

        Rafael: Bom dia!!
        Este ano irei a Tiwanaku e otima informações, direta e precisas.
        Após minha viagem, vou lhe escrever p contar como foi, ok?
        Grande abraço!
        Mark

    1. Rafael Kosoniscs Post author

      Olá Fabiana, tudo bem? O lugar é realmente bem misterioso. É o típico ambiente que nos faz perguntar: O que aconteceu por aqui?! Dá vontade de entrar numa máquina do tempo pra saber como era, o que aconteceu, quem por ali habitava e etc. Vale a visita, com certeza. Valeu pelo comentário. Um abraço.

      Reply
  3. Engro. Jose rocha

    Vc considera a hipotese de escrever um guia mochileiro para viagens
    expeditas e rapidas de cunho arquelogico ou exploratorio?

    Reply
  4. Rafael Kosoniscs Post author

    Olá José, como vai?

    O assunto me interessa muito, mas sou apenas um curioso e não entendo nada de arqueologia. Gosto de desbravar o desconhecido e me meter em lugares inusitados.

    Abs

    Reply
  5. ADEMIR FIDENCIO

    Caro amigo Rafael….. Achei interessante o seu comentário do caso PUMA PUNKU. Gostaria de inserir alguns dados sobre o que voce acha misterioso. Aconselho-o a entrar no Google com a seguinte pergunta: QUEM FOI AURELIA LOUISE JONES, aí saberás que existe na California , EEUU, um monte de mais ou menos 4.300 metros de altura, de nome SHASTA, onde abrigou, na época , 25.000 LEMURIANOS que escaparam do afundamento do continente, no Ocenao Pacífico, a + ou – 12. ou 14.000 anos. Veja que submergiram 300 milhões de Lemures . Depois quem afundou no Atlântico foi a ATLANTIDA, com os remanescentes do afundamento do continente, em tres etapas. A primeira e a segunda por efeitos naturais, tais como: terremotos, Tsunames e outros fatores, mas, a 3ª vez foi por uma queda vibratoria muito grande no sentido moral, onde a vaidade e o orgulho sobrepos-se ao lado Espiritual. ( É o que está acontecendo conosco na Terra, atualmente) Acontece que , quem sobrou da Atlantida se espalhou para diversas partes do mundo e, obviamente estiveram na América do Sul, também. Claro que eram muito evoluidos, explica-se, então, os cortes nas pedras. Espero ter acrescentado alguma coisa no assunto. Também gosto muito de estudar sobre o passado. Abraços . Ademir- Catanduva-SP.

    Reply
  6. ADEMIR FIDENCIO

    Caro Rafael….. Boa tarde….. Li seu comentário sobre PUMA PUNKU. Caso queira saber quem elaborou os desenhos, cortes precisos e tudo o mais, lá em puma Punku, sugiro que vc entre no Google e faça a seguinte pergunta: QUEM FOI AURÉLIA LOUISE JONES. Basta ler sobre o monte SHASTA, na California, EEUU para vc perceber que os últimos ATLANTES que sobraram da 3ª fase de afundamento, espalharam-se por várias regiões, na terra. Logo, como eram muito evoluidos e viviam em 4ª e 5ª dimensões, saberemos quem teve a evolução necessária para elaborar as Pirâmides e demais monumentos, inclusive estiveram em nossa região, nossa no sentido de América do Sul. Bolivia e outros locais.

    Reply
  7. Hildérico Ferreira de Castro

    Bom dia, gostaria muito de ter visto o vídeo que você postou mas não esta disponível mais
    mesmo assim agradeço os comentários etc
    tenho planos de conhecer principalmente o lago, puma punko, tiahuanaco, Valle Sagrado e quem sabe Machu Picchu.
    abraços.

    Reply
  8. Ariana

    Oi Rafael!

    Estou adorando seu blog. Você tem o roteiro que fez na Bolívia?
    Estou querendo ir pra lá no próximo ano, mas já quero ir planejando meus gastos e escolhendo os lugares que vou vistar!

    Obrigada.

    Reply
    1. Rafael Kosoniscs Post author

      Olá Ariana, tudo bem? O roteiro é algo bem pessoal, cada um procura algo diferente, orçamento distinto e etc. O ideal é você traçar o tipo de viagem que quer fazer: Cultural? Aventura? e etc… O roteiro tem muito a ver com o seu orçamento, quantidade de dias, objetivo da viagem… o melhor é estudar o país e ver o que te agrada. Eu por exemplo, sou fissurado em pedras, arqueologia e etc.. procurei fazer meu roteiro pensando nisso, por isso digo que é difícil te passar um roteiro. Desculpe não poder ajudar. Um abraço

      Reply
  9. Antonio Carlos

    Pessoal, realmente é algo muito intrigante, porém por coincidência, na semana que assisti o documentário no History Channel, entrei numa livraria em Blumenau/SC e de cara um livo me chamou a atenção, CRÔNICAS DE OUTRO MUNDO, de Mirabel Krause, intitulado “REVELAÇÕES dos Deuses extraterrestres”. É um livro muito interessante e pode nos levar a compreender um pouco tais arquiteturas. Um abraço !

    Reply
  10. Mariana K.

    Rafael, parabéns, excelente postagem. Informação, concisão, clareza!
    A ideia do livro sobre suas viagens é muito interessante. Você teria muitos
    leitores, sem dúvida. Espero que realize seu projeto.

    Apenas estranhei uma coisa: você respondeu a todos, exceto Ademir.
    Fiquei com pena : /

    Reply
    1. Rafael Kosoniscs Post author

      Olá Mariana. Obrigado pela visita e comentário. Espero que tenha realmente gostado do post.
      Sobre o Ademir, esqueci de respondê-lo, coitado. Não foi por mal. Obrigado pelo alerta.
      Um abraço.

      Reply
  11. Flavio

    Boa noite Rafael….é extremamente interessante e intrigante puma punko…eu e um amigo estamos pensando em ir conhecder em março proximo….nos aredores de puma punko existem mais ruinas desse tipo ???

    Reply
  12. Johnny

    Boa tarde pessoal. Sempre fui fã de Puma Punku, já assisti vários documentários sobre. Sempre tive muita curiosidade em saber o que houve por lá, que aquele sítio arqueológico foi feito pro seres super evoluídos tecnologicamente, não tenho dúvidas. Minha dúvida é se eram evoluídos espiritualmente, ou se eram seres negativos. O que se percebe na minha conclusão é que teve uma Guerra entre duas ou três espécies hostis.

    Reply
  13. Antonio B. Pacheco Jr.

    Olá Rafael,

    Gostaria de saber se tu fizestes essa viagem de avião ou por outro meio. Tenho intenção de ir a Puma Punku em julho, de carro, e depois esticar até o Atacama. Tu conheces esse trajeto? E seguro?

    Abraço.

    Reply
  14. Willians

    Oi Rafael, e sobre câmbio $$,
    Vale a pena fazer o câmbio lá, ou trocar a moeda aqui mesmo antes de ir? Me dê uma dica… Obg pela atenção.

    Reply
    1. Rafael Kosoniscs Post author

      Olá, Danilo. Em primeiro lugar, este post não se trata de notícia. Segundo, isto aqui é um blog de caráter pessoal que contém opiniões e pensamentos pessoais. Não se trata de artigo científico. Abraço!

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *