Livros de viagens para inspirar seu mochilão

17897

Escrever sobre livros de viagens não foi tarefa fácil. Esse post foi um dos mais difíceis de ser elaborado até hoje, mesmo sem precisar sair de casa e sem ter que colocar o mochilão nas costas. Tive a ideia de escrever sobre livros de viagens em 2013, no mesmo período em que fiz a postagem sobre filmes, que acabou viralizando, tendo atingido na época mais de 50 mil acessos.

E por que demorei tanto tempo para publicar esse post? Porque foi preciso lê-los. Isso demandou tempo, muito tempo. Conciliar trabalho, posts pro blog, academia, vida social e leitura, não é moleza!

 

“Cada novo livro é uma viagem. Só que é uma viagem de olhos vendados em mares nunca dantes revelados – a mordaça nos olhos, o terror da escuridão é total. Quando sinto uma inspiração, morro de medo porque sei que de novo vou viajar e sozinho num mundo que me repele.” (Clarisse Linspector)

 

livros de viagens

Desde o início, minha intenção era de indicar livros mais voltados para mochileiro, mas não gostei do conteúdo que encontrei por aí. Existem muitos livros de viagens de mochilão, muitos mesmo. Porém, a maioria é obra produzida para o Ego e que não contribuem em nada para o viajante que busca inspiração, entende? Fui enganado por diversos livros, com capas incríveis, mas com conteúdo pobre. Para dizer isso não precisa ser nenhum crítico de obras literais, basta lê-los. Tem uma frase de Carlos Drummond de Andrade que reflete isso, diz o seguinte: “Há livros escritos para evitar espaços vazios na estante”. E é a pura verdade.

Tentei fugir do clichê, mesmo sabendo que boas obras são conhecidas. Procurei evitar livros do estilo: “comer, rezar e amar”, porque meu principal objetivo é trazer novidade e fugir um pouco do tradicional. Portanto, tive que abranger um pouco mais sobre o assunto e fechei em uma lista de 15 obras, todos incríveis.

 

Continue lendo, mas talvez você também se interesse pelos seguintes posts:

Filmes para inspirar seu mochilão

Por que viajar sozinho?

 

E por que ler livros de viagens?

Pode parecer uma pergunta óbvia, mas livros de viagens vão muito além de entreter. Eles ensinam, dão dicas preciosas e, principalmente, inspiram viagens. Eu particularmente gosto de comprar livros de viagens antes de viajar, para lê-los durante os dias de peregrinação. Nada mais gostoso que ler sobre viagem estando numa trip. E digo mais, sempre levo 2 livros: um guia local, do estilo Lonely Planet, sabe? E um outro para leitura.

Para quem viaja sozinho, o livro é sempre a melhor companhia, principalmente em momentos vagos, como por exemplo, dentro de ônibus, aeroportos, rodoviárias, e por aí vai. Numa viagem solitária, por mais que nunca estejamos sozinhos, ora ou outra lidamos com nós mesmos. E ter um livro em mãos, às vezes, se torna essencial.

Fora isso, um bom livro ajuda a significar uma viagem, marca momentos, aguça sentidos e muitas vezes ajuda a pessoa a se conectar ainda mais com o local. Principalmente se for sobre o destino, ou se tiver algo a ver com o estado de espírito do viajante.

É evidente que não precisa estar em viagem para poder desfrutar de uma boa leitura, no meu caso, por exemplo, li 90% desses livros em minha casa e na pausa da correria do meu dia a dia. Então, vamos aos livros?

 

15 livros de viagens para inspirar seu mochilão

 

1 – As Viagens Mais Fantásticas do Mundo

Esse livro me fez enxergar que ainda não conheço nada desse planeta. O autor mostra diversas atrações exóticas e destinos nada clichês. Para quem está cansado de roteiros feijão com arroz, o livro vai ajudar a ter ótimas ideias.

Veja os preços em:

2 – Grandes Viagens – Conheça As Mais Espetaculares Rotas do Mundo

Vi esse livro na casa de um amigo e tive que adquirir. Ele mostra as grandes jornadas realizadas por pessoas famosas, mais especificamente por personalidades que marcaram época e que tiveram grande importância no mundo. O livro é da Lonely Planet. Isso já diz tudo, né?

Veja o preço em:

3 – Guia Criativo Para o Viajante Independente na América do Sul

Comprei esse livro em 2012 para viajar pela América do Sul. É uma bíblia que deveria ser adquirida por todo viajante que pretende desbravar o nosso continente. O livro é ótimo, sendo basicamente uma obra de consultas. É realmente indispensável. Ele mostra roteiros e dá dicas preciosas sobre praticamente todas as cidades da América do Sul.

Veja os preços em:

4 – As mais belas trilhas do Mundo

Para os amantes de trekking, a leitura desse livro é obrigatória. Um sueco chamado Claes Grunsten percorreu inúmeras trilhas por dezenas de países, relatando suas peregrinações e fantásticas experiências. O melhor de ler este livro foi descobrir rotas que nem sabia que existiam. Fez aumentar minha listinha de lugares para conhecer antes de morrer. Com certeza vale comprar! Ps: é um livro enorme.

Veja os preços em:

5 – On The Road – Pé na Estrada

Devorei esse livro em poucos dias. Foi escrito há muito tempo, mais precisamente nos anos 50. A obra retrata não somente o sentimento de uma geração, mas de todas, afinal, quem nunca quis largar tudo e se jogar no mundo? Pra mim, é leitura obrigatória pra quem se intitula mochileiro.

Veja os preços em:

6 – Na Natureza Selvagem (Into The Wild)

É um best-seller que deu origem ao famoso filme. A obra mudou a forma de pensar de muita gente, inclusive a minha. E acredite, o livro é melhor que o filme! E por que o livro é melhor? Simplesmente porque traz detalhes de sentimentos e pensamentos não mostrados no filme. Se você amou o filme, tem que ter o livro!

Veja os preços em:

7 – O Grande Bazar Ferroviário

Pra que gosta de viagem sobre trilhos, vai pirar com esse livro. O autor registra suas impressões sobre os diversos países que visita, como: Índia, Tailândia, Malásia, Vietnã e outros. Depois de ler esse livro, minha vontade de conhecer o sudeste da asiático aumentou consideravelmente.

Veja os preços em:

cem-dias-entre-ceu-e-mar

8 – Sem Dias Entre Céu e Mar

Deixar de colocar Amyr Klink nesta lista seria pura injustiça. Foi um dos primeiros livros de viagem que li. E me surpreendi. O livro é um relato de Amyr Klink, de sua travessia do oceano Atlântico a bordo da ‘lâmpada flutuante’ (o apelido que ele deu a seu minúsculo barco à remo), é bem mais o registro de uma façanha esportiva.

Veja os preços em:

9 – Um lugar na janela

Um livro que parece mais uma conversa ao pé do ouvido. Foi essa a sensação que tive. São relatos de viagem, mas não entediantes como a maioria dos livros do gênero. Longe disso! Uma obra sem Ego, que procura unicamente mostrar sentimentos e sensações. Mulheres vão se identificar ainda mais com a obra. É um baita livro de viagem!

Veja os preços em:

10 – De Cape Town a Muscat: uma aventura pela África

Conheci esse livro através da minha amiga Carla, colaboradora honorária do blog Seu Mochilão. O volume conta a história de um casal que abandonou tudo para fazer uma viagem de volta ao mundo. A viagem é focada em destinos exóticos, mais precisamente em diversos países do continente africano. O livro é bastante instigante, principalmente pra quem sonha em fazer uma viagem de grande magnitude.

Veja os preços em:

11 – As Cidades Invisíveis

É intenso e com muitas palavras desconhecidas. É um livro de viagem, mas antes disso, é uma obra de poesia. Utiliza-se de muitas metáforas e diversas outras figuras de linguagem para contar (es)histórias, muitas delas imaginárias. É um livro pra viajar na viagem.

Veja os preçoss em:

12 – 100 viagens inspiradoras

Esse livro que faz qualquer pessoa querer fazer uma viagem de volta ao mundo. A obra mostra lugares incríveis e viagens libertadoras. Não são histórias e nem relatos. São lugares! Pra mim, é um dos melhores dessa lista.

Veja os preços em:

13 – Caminho da Liberdade

O livro não fala necessariamente do prazer em viajar, na verdade, muito pelo contrário. É uma obra intensa que mostra a luta pela vida. E o que isso tem a ver com inspirar viagem? Bem, acho que tem tudo a ver! Embora o cenário seja em um ambiente de guerra, mostra a luta pela liberdade, em quebrar barreiras geográficas e culturais.

Veja os preços em:

14 – Mundo por Terra

Um livro que me ganhou pela capa. E o conteúdo atendeu às minhas expectativas. Ele conta sobre uma viagem de volta do mundo em 4 rodas. Confesso que foi um dos poucos livros do gênero e de autor brasileiro que me fez ler até o final. É muito bom! O livro conta casos de viagens, perrengues, surpresas, emoções. Inspira viajar? Muito!

Veja os preços em:

15 – 1000 Lugares para conhecer antes de morrer

Esse foi o último livro que comprei. E mesmo ainda não tê-lo lido por inteiro, me sinto confiante em indicar. É um livro de cabeceira, pra ser curtido e lido aos poucos. Além de ser um best-seller, tendo sido coroado pelo New York Times. O livro é uma bíblia, e inevitavelmente fala de muitos lugares clichês, mas mesmo assim é bom. Ele aborda sobre tudo, de praças aos museus, de praias às montanhas, de vilarejos às grandes cidades.

Veja o preço em:

E você, tem algum livro de viagem para recomendar? Qual livro de viagem mais gostou? Escreva nos comentários! 🙂



Rafael Kosoniscs tem 32 anos, é paulista, publicitário, guia de turismo, blogueiro e estudante de jornalismo. É viciado em viagens de mochilão — seja em cidades ou em meio à natureza. Tem o montanhismo como paixão, sonha em dar a volta ao mundo e escrever um livro.


43 comentários em “Livros de viagens para inspirar seu mochilão

  1. Erick Stengrat

    Muito legal este post Rafael ! Mandou muito bem…
    Estou lendo atualmente um livro chamado A Estrada da Cura. O autor é da banda canadense Rush (que eu curto demais) e ele escreveu durante uma viagem de moto que ele fez pelo Canadá, Estados Unidos e México para se curar da perda de sua filha e sua mulher. É bem legal e uma forma diferente de encarar uma viagem.
    Abraços

    Reply
      1. Isa Vichi

        Como assim vc não conhece o Rush, menino… claro que conhece!! rsrs
        E o livro é muito bom, pode ler! 🙂
        Isa – LidoLendo.

  2. Vanessa

    Dicas maravilhosas!!!
    Eu incluiria sem duvidas: Walden do Thoreau.
    Um livro que me deu razões sensacionais para viajar sozinha :
    “Só quando nos perdemos, em outras palavras, só quando perdemos o mundo, é que começamos a nos encontrar, entendemos onde estamos e compreendemos a infinita extensão de nossas relações…

    Dirige teu olhar para dentro de ti
    E mil regiões encontrarás ali,
    Ainda ignotas. Percorre tal via
    E mestre serás em tua cosmografia” Thoreau

    Reply
  3. Thainá Rosa

    Também já pensei em escrever um post sobre livros de viagem, mas desisti da tarefa quando me dei conta de que não era tão fácil assim. hahaha Na Natureza Selvagem seria um dos que eu indicaria! Adorei o post, vou levar para a vida!

    Reply
  4. Isa Vichi

    Sensacional o post, Rafael! Excelente! Você sabe que tenho uma quedinha por livros, né? 😉
    Com certeza absoluta vou divulgar lá no LidoLendo! Pode deixar que te aviso!
    Já li alguns da lista mas com certeza todos são muito bem recomendados! Mas esse livro dos “1000 lugares pra conhecer antes de morrer” me dá um certo desespero de saber que não vou conhecer nem 1/5 disso tudo… e tbm percebemos o quanto não somos nada nesse mundo! Por outro lado, não deixam de ser inspiradores, uma vez que te dá vontade de vender tudo e pegar a estrada!
    Sensacional!! Adorei de verdade!
    Isa – LidoLendo.

    Reply
    1. Rafael Kosoniscs Post author

      Olá, Isa! Essa listinha é mesmo irresistível. Juro que pensei no seu canal durante a construção dessa postagem, de verdade! Livros e viagens tem tudo a ver, não é? Atualmente estou lendo o livro “O Caminho”, que diz respeito ao Caminho de Santiago de Compostela. É incrível. Obrigado pela visitinha! Um abraço!!!

      Reply
      1. Tania

        Olá Rafael! Obrigada pela lista caprichada!
        Gostaria de saber qual o autor e a editora do livro “O Caminho” que você mencionou. Abraços

      2. Rafael Kosoniscs Post author

        Tania, eu faço doação dos livros que leio, não sei qual é a editora, mas os livros estão linkados na página da Saraiva, acho que por lá é possível captar essa informação. Abs

  5. Miria

    Muito legal suas dicas!!!
    Assunto que muito me interessa é sobre livros de viagens. Ler relatos e experiências dos autores.
    Tenho e já li alguns da lista, mas não todos. O 12 não li ainda, vou incluir na minha lista.
    Estou terminando essa semana de ler o livro do Jossano, Viajando o Mundo com US$ 7,50 por dia. As viagens dele, juntamente com uma holandesa foram nos anos 1996/1998. Um relato de muitas aventuras dos dois viajantes…
    Valeu Rafael! Abraço

    Reply
  6. Nathaly Fogaça

    Curti a lista e tenho alguns desses!

    Agora, posso deixar outras dicas?
    De Moto pela América do Sul, do Che; Viagem ao Centro da Terra, Julio Vernes; 100 dias entre ceu e mar, Amyr Klink; Profecia Celestina (esse não tem o foco tanto em viagens, é mais místico, mas é de uma história que rola no Peru e é muito bom!).

    beijao!

    Reply
  7. Carolina Oliveira

    Cara, ótima postagem!

    Sou apaixonada por ótimas leituras e começando a entender essa vontade doida de conhecer o mundo. Com certeza lerei a maioria deles, e espero que todos tragam ainda mais inspiração (e coragem, principalmente) para o meu projeto viagem que está por vir.

    Beijos, e obrigada novamente 😉

    Reply
  8. NIVIA EUTRÓPIO

    olá!
    Boas dicas,só acrescentaria PAUL THEROUX
    – O Rio Inferior
    -A Costa do Mosquito
    – A Suite Elefanta
    – A Mao Morta
    -O Grande bazar Ferroviario
    -O Safari da Estrela Negra
    -O Trem Fantasma para a Estrela do Oriente

    África, fica mais fascinante em seus relatos.

    Reply
  9. Carol

    Escreva o seu livro Rafael!
    Sua maneira de olhar o mundo vai deixar o livro emocionante sem contar o medo de altura que eu sei que vai ficar expressamente evidente nos capítulos rs rs

    Reply
  10. Elaine Vinhas

    Sem querer ser muito mulherzinha rsrs mas tem Tbm:
    – Livre: A Jornada de uma Mulher em Busca do Recomeço
    – Comer, rezar, amar
    – Sob o sol de Toscana
    Apesar de ter um quê de romance acho que agrega muito no sentido de mostrar outras culturas e a adaptação à ela é também sobre como foi para estes personagens superar seus próprios limites.
    Da sua lista sem dúvida o mais inspirador é marcante pra mim sem dúvida foi Mar sem fim!
    Parabéns pelo post! Por mais leitura!!! 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼

    Reply
  11. Tati

    Comentando sobre o “De Cape Town a Muscat”: o livro reúne os relatos de Guilherme Canever no blog Saí Por Aí. Depois ele publicou a continuaçao: “De Istambul a Nova Delhi: uma aventura pela rota da seda”. Comprei os dois e li, mas os relatos dele sao muito cansativos, ele só fala que chegou em tal lugar, pegou onibus, etc, a gente fica meio perdido.
    Mas detalhe: a mulher dele viajou com ele e tb escrevia um blog, o “Também Saí”. Os relatos dela sao muito mais intensos, cheios de sentimentos, riquezas culturais, reflexões, aprendizado. Ela escreve INFINITAMENTE melhor que ele, inclusive ele mesmo reconhece isso numa das postagens rs. Não entendo porque publicaram os relatos dele em vez dos dela. Vale a leitura no blog dela: http://www.tambemsai.com.br

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *